Informações técnicas


Este blog é dedicado à divulgação das atividades do Clube de Astronomia e do Observatório Astronômico Didático Capitão Parobé do Colégio Militar de Porto Alegre.

Localização

Rua Cleveland, 250, bairro Santa Tereza, Porto Alegre

Rio Grande do Sul – Brasil

30º03’55”SUL 51º13’04”OESTE

Altitude: 75m

Características óptico-físicas do telescópio Celestron C11

Sistema óptico: Catadióptrico Schmidt-Cassegrain; Abertura (D): 11pol (279,4mm); Distância focal do espelho primário(F): 110,2 pol (2799,1mm); Razão focal (número f) = F/D: f/10; Maior aumento útil: 660X; Menor aumento útil: 42X; Poder de resolução (s) = 11,6”/D: 0,42”; Resolução fotográfica: 200 linhas/mm; Poder de concentração de luz: 1593X; Magnitude visual limite m lim = 2,5 . log (D / 6,2) 2 + mVS: 14,7; Foco próximo com ocular: 60’; Foco próximo com câmera: 60’; Comprimento do tubo óptico: 25 pol (635,0mm); Massa: 27,5 libras (12,5kg).

Características óptico-físicas do telescópio Celestron CPC800

Sistema óptico: Catadióptrico Schimidt-Casegrain; Abertura: 8pol (203,2mm); Distância focal: 2032mm (80”); Número f: f/10; Maior aumento útil: 480X; Menor aumento útil: 29X; Poder de resolução: 0,57”; Resolução fotográfica: 200linhas/mm; Poder de concentração de luz: 843X; Magnitude visual limite: 14,7; Comprimento do tubo óptico: 17”; Massa: 42 libras (19,1kg).

domingo, 17 de agosto de 2008

Aluno do CMPA parte hoje para a Indonésia.

O aluno Otávio Macedo de Menezes, da Segunda Série do Ensino Médio, partiu hoje, às 19h00min para a Indonésia, onde estará participando, entre os dias 19 e 28 de agosto, da "The Second International Olympiad on Astronomy and Astrophysics", em Bandung, Indonésia. Desde o dia 10 deste mês o aluno se encontrava no Rio de Janeiro, na casa do professor Jaime Villasboas, juntamente com os outros três integrantes da equipe olímpica, visando aprofundar os estudos e cultivar o "espírito olímpico da delegação".

Desejamos sucesso ao Otávio!

segunda-feira, 12 de maio de 2008

XI Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

Na tarde de sexta-feira, 09 de maio passado, foi realizada a XI Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, fase regional, nas dependências do Colégio Militar de Porto Alegre. Exatamente 32 bravos e aguerridos alunos, sendo 14 alunos do Ensino Fundamental e 18 alunos do Ensino Médio, ocuparam a sala da EsPCEx das 14h00min às 18h00min resolvendo as questões propostas pela Comissão Organizadora da XI OBA. Começamos com uma tarde quente, agradável que, à medida que se aproximava da noite, foi esfriando paulatinamente. Mas enquanto a temperatura baixava, o calor do fragor do embate entre os alunos e as questões foi aumentando à medida que se aproximava a hora de término da atividade. Agora, ficaremos no aguardo do envio do gabarito oficial da XI OBA para começarmos as correções e, na medida do possível, dentro de quinze dias publicarmos os resultados. Sucesso a todos os participantes!

terça-feira, 6 de maio de 2008

Confirmados os locais de competição das Olimpíadas Internacionais

Na tarde de hoje, através de e-mail, foi confirmada, pela Comissão Organizadora da Olimpíada Brasileira de Astronomia, do Rio de Janeiro, a participação dos dois alunos do Colégio Militar de Porto Alegre nas olimpíadas internacionais de astronomia. O aluno Otávio Macedo de Menezes, da Segunda Série do Ensino Médio, irá participar, entre os dias 19 e 28 de agosto, da "The Second International Olympiad on Astronomy and Astrophysics", em Bandung, Indonésia; o aluno Nathan Willig Lima, da Terceira Série do Ensino Médio, participará, de 13 a 21 de outubro, da "The 13th International Astronomy Olympiad", em Trieste, Itália. Vale lembrar que o aluno Nathan, quando ainda cursava a Oitava Série do Ensino Fundamental, em 2005, foi também selecionado para participar da "The 13th International Astronomy Olympiad", em Beijing, China.
Com essa feita, o Colégio Militar de Porto Alegre se mostra colaborador com as equipes brasileiras que participam de olimpíadas internacionais de astronomia, com três alunos, em quatro oportunidades. O primeiro aluno a participar de uma olimpíada internacional foi o aluno Milton Viegas Júnior, em 2002, na "VII International Astronomy Olympiad", em Nizhnij Arkhyz, North Caucasus, entre 22 e 29 de outubro.

Na próxima sexta-feira, 09 de maio, à tarde, entre 14h00min e 18h00min, estaremos realizando na sala da EsPCEx, a XI Olimpíada Brasileira de Astronomia a nível regional. Os alunos que se classificarem nesta fase, irão compor um grupo de 50 alunos, oriundos de todas as outras regiões do Brasil, que deverá passar por outro processo de seleção para compor um grupo de cinco alunos para as olimpíadas internacionais de 2009.


sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

O mais belo eclipse!

A noite do dia 20 de fevereiro de 2008 vai ficar gravada na memória de muita gente. Foi a noite de um dia que começou nublado, tempo fechado, e até choveu um pouco. Porém, pouco mais de uma hora antes de acontecer o fenômeno, o céu limpou por completo. No pátio do Colégio Militar de Porto Alegre, aproximadamente cinquenta pessoas (entre alunos, ex-alunos, pais, mães, irmãos e professores) aglomeraram-se em torno do telescópio para mirar a Lua, Saturno e Marte. Mas a vedete da noite foi mesmo a Lua! As fases do eclipse se sucederam pontualmente, conferindo as previsões, e, passando pouco da meia-noite, pudemos dar como encerradas as atividades e dirigirmo-nos para nossas casas, pois no dia seguinte às sete horas deveríamos estar no Colégio, como acontece ritualmente diariamente. Tendo os alunos os mapas celestes em mãos, estes localizaram constelações, estrelas particulares, planetas e diversos asterismos. Pudemos verificar como o brilho da Lua afeta a visibilidade das estrelas de maior magnitude visual, comparando o céu antes da totalidade do eclipse e, depois, durante a totalidade, quando o brilho da Lua diminui. A constelação de Leo, onde se encontrava a Lua, tinha suas estrelas totalmente invisíveis antes da totalidade. Porém, à medida que ocorria o ingresso da Lua na sombra da Terra, pouco a pouco as estrelas foram aparecendo. Na fase de início da totalidade, pudemos ver a constelação de Leo por completo!

Veja as fotos das atividades no site do Colégio e aproveite para ver também as belas imagens do eclipse que o Prof. Paim gravou com sua câmera fotográfica adaptada ao telescópio.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Eclipse total da Lua

O Clube de Astronomia do CMPA estará, com a presença de seus alunos integrantes e professores coordenadores, orientando as observações do primeiro eclipse total da Lua de 2008, na noite do dia 20 de fevereiro. As atividades de observação começarão a partir das 20h, com palestras e orientações específicas. De acordo com informações do simulador SkyMap, os horários das diferentes fases do eclipse são os seguintes:

Lua entra na penumbra: 2008 fev 20 21:34:47
Lua entra na sombra (umbra): 2008 fev 20 22:42:48
Início da totalidade: 2008 fev 21 00:00:22
Máximo do eclipse: 2008 fev 21 00:25:53
Fim da totalidade: 2008 fev 21 00:51:21
Lua sai da sombra: 2008 fev 21 02:08:55
Lua deixa a penumbra: 2008 fev 21 03:17:04

Antes e durante o eclipse, os alunos do Clube de Astronomia do CMPA estarão executando atividades de observação e catalogação do brilho de estrelas para compor uma tabela de interferência da luminosidade local, tanto devido às luzes da cidade quanto a luminosidade da própria lua-cheia. Estaremos com telescópios montados e equipamentos de coleta de imagem para podermos compor uma grande reportagem sobre o evento. Esperamos encerrar as atividades até, no máximo, 00h30min do dia 21. Toda a comunidade do CMPA está convidada a apreciar este belo evento conosco.


quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

Observatório Astronômico da UFRGS Festeja seu centenário

O Observatório Astronômico da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, situado na Praça Argentina, sem número, ao lado da Escola de Engenharia, no Campus Central, Porto Alegre, estará festejando seu centenário no próximo dia 24 de janeiro de 2008, às 17h00min. Sentimo-nos honrados em receber o convite para participar desse evento, através de seu Diretor-Substituto, Claudio Miguel Bevilacqua. Lá estaremos, então.