Informações técnicas


Este blog é dedicado à divulgação das atividades do Clube de Astronomia e do Observatório Astronômico Didático Capitão Parobé do Colégio Militar de Porto Alegre.

Localização

Rua Cleveland, 250, bairro Santa Tereza, Porto Alegre

Rio Grande do Sul – Brasil

30º03’55”SUL 51º13’04”OESTE

Altitude: 75m

Características óptico-físicas do telescópio Celestron C11

Sistema óptico: Catadióptrico Schmidt-Cassegrain; Abertura (D): 11pol (279,4mm); Distância focal do espelho primário(F): 110,2 pol (2799,1mm); Razão focal (número f) = F/D: f/10; Maior aumento útil: 660X; Menor aumento útil: 42X; Poder de resolução (s) = 11,6”/D: 0,42”; Resolução fotográfica: 200 linhas/mm; Poder de concentração de luz: 1593X; Magnitude visual limite m lim = 2,5 . log (D / 6,2) 2 + mVS: 14,7; Foco próximo com ocular: 60’; Foco próximo com câmera: 60’; Comprimento do tubo óptico: 25 pol (635,0mm); Massa: 27,5 libras (12,5kg).

Características óptico-físicas do telescópio Celestron CPC800

Sistema óptico: Catadióptrico Schimidt-Casegrain; Abertura: 8pol (203,2mm); Distância focal: 2032mm (80”); Número f: f/10; Maior aumento útil: 480X; Menor aumento útil: 29X; Poder de resolução: 0,57”; Resolução fotográfica: 200linhas/mm; Poder de concentração de luz: 843X; Magnitude visual limite: 14,7; Comprimento do tubo óptico: 17”; Massa: 42 libras (19,1kg).

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Trânsito de Mercúrio sobre o Sol foi sucesso no CMPA


Apesar do dia amanhecer muito nublado e com neblina baixa, a partir das 8h30 conseguimos acompanhar o trânsito de Mercúrio sobre o disco solar até 13h00. Os alunos do Clube de Astronomia do CMPA participaram ativamente colhendo calorosos elogios pela alegria que demonstravam ao atender os diferentes visitantes que compareceram ao nosso sítio de observação montado sob uma barraca militar colocada no centro do pátio Plácido de Castro. Os visitantes puderam apreciar o evento, ou através de projeção a partir de um telescópio Vasconcellos, ou a partir da projeção a partir de um Galileuscópio ou mesmo observando diretamente a partir de telescópio Celestron CPC8 de 8 polegadas munido com filtro solar Baader para H-alfa. Uma maquete do sistema solar mostrando as órbitas da Terra, de Vênus e de Mercúrio e o Sol situavam os curiosos e visitantes em sua posição dentro do nosso Sistema Solar. Noutra maquete salientava-se a inclinação da órbita de Mercúrio em relação à órbita da Terra. E tudo acompanhado com as explicações dos alunos.

A aluna Sofia Michaelsen, do Sétimo Ano do EM, construiu vários tubos que simulavam as diferentes fases de observação do fenômeno. Participaram também da atividade o aluno Rodrigo, do Sétimo Ano do EM do Colégio Farroupilha de Porto Alegre e o professor de física do Instituto Federal de São Borja, Alexander Lunkes. Além da silhueta escura do planeta Mercúrio fomos agraciados também com uma bela mancha-solar quase no centro do disco solar.















A partir de agora, ficaremos no aguardo do próximo trânsito, o qual ocorrerá em 11 de novembro de 2019, iniciando às 10h35 e terminando em 16h42 pelo nosso horário de verão na época.


Outras leituras:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Tr%C3%A2nsito_de_Merc%C3%BArio

http://www.cmpa.tche.br/index.php/noticias/41457-cmpa-observa-o-transito-de-mercurio